terça-feira, outubro 04, 2005


Sou uma rocha
Que vagueia no leito de um rio
Num rio que nasce em duas nascentes
E desagua em dois mares.
A água leva-me....
Para tráz... e para a frente...
Quando penso que por fim
Estou a chegar à fóz
Eis que o rumo torna a mudar
E vou entre grandes ondas
A caminho do outro mar!
Quando estiver lá a chegar,
Voltarei para desaguar aqui...

2 comentários:

particula disse...

Parabéns... resolveste-te por fim!
o bom de seres assim é que não estás parada e na rocha que ês vao saindo particulas que ja não interessam e entranhando outras... é o que te faz crescer!
Beijo enorme, e fico à espera de mais!

Brida disse...

yah
mas é ke
já estou a ficar enjoada!
beijos p ti!