quarta-feira, outubro 19, 2005

Lágrimas II


Mais uma vez tenho de chorar
Acho que já se tornou
Num hábito para mim,
Ou num vício ou dependência.
Já não sei viver sem chorar!

Tudo não passa duma miscelanea
De ideias ou sentimentos
Onde um ou outro
Faz gerar mais ou menos lágrimas!

No fundo... não me importo
Choro porque choro
Choro porque não sei
Mais se não chorar.

Pelo menos sou eu que o faço
E, ao fazê-lo
Alguém olha para mim;
Nem que seja só por pena
De ver alguém como eu a chorar!

Sem comentários: