domingo, julho 08, 2007

Um Fim-de-Semana...
Um Casamento...
Um Baptizado...
Um Funeral...
e Mil Emoções...

Um Fim-de-Semana
Pois é... este fim-de-semana foi um mar de emoções... mar revolto, agitado, zangado!!!
Queres que comece por onde? Pelo Principio? Não sei bem se foi o ovo ou a galinha...
Nem sei há quanto tempo não tinha um livre... ou melhor, sem estar a trabalhar... porque de livre não tive nada!!!
Fui a casa; ou melhor "á terra", a minha casa agora já é outra! finalmente!!! ;)
Foi tudo a correr... mas tive tempo para escolher umas coisitas por entre as inumeras caixas que daqui por uma semana... já estao de novo comigo... que saudades das minhas coisas... até das porcarias que provavelmente ainda irei deitar no lixo... reciclado claro!!!
Deu para estar ainda que por breves instantes com o meus papás e o meu mano...
Deu para dormir numa cama decente... com um colchão decente!!!

Um Casamento
Eis o motivo da minha ida "á terra"
O Casamento da Céu; amiga de infância; desde os tempos do jardim escola; uma das mais inteligentes da turma, com as melhores notas... que acabou atrás do balcão de um talho (não que seja um emprego menor; o ordenado certamente o é...)
A Céu... talvez a pessoa mais romântica que conheço (sei que não se imagina uma talhante assim; mas ela é mesmo a pessoa mais romântica que conheço) Se alguém merece aquele dia de princesa e de contos de fadas... é ela!!! Estava linda... exuberante... como se de em anjo loiro vestido de branco e dourado se tratasse, parecendo vir directamente do céu!

Um Baptizado
Pois é... vou ser madrinha...
Não sei quem se lembra de me convidar a mim para ser madrinha... para "substituir" os pais na educação do filho... Que educação pode dar uma divorciada???
A cerimónia será só no final do mês; mas lá tive eu de ir à missa para me encontrar com o padre da minha paróquia para lhe pedir um papel que comprovasse a minha "naturalidade paroquial" para poder entregar depois ao padre da paroquia do puto que se baptiza. Grande salganhada não é??? pois! eu também achei!
Mas pronto lá fui eu... e lá tratei do tal papel tão imprescindível...

Mil Emoções
Pensando bem... devem ser mais de mil!
Nem sei qual me incomoda mais... qual mexe ou mexeu mais comigo... Não as irei nomear todas aqui... até porque vocês têm coisas mais interessantes para fazer do que ler as minhas divagações... e eu nunca tive muito jeito para resumos!!!
Grávidas e putos a correr por todo o lado... ainda não sei lidar muito bem com isso! Os que ainda não estão grávidos ou casados... estão emparelhados; e eu desemparelhada... ainda não me habituei á cena de ir a casamentos sozinha... se ao menos houvesse um gajo geitoso para piscar o olho... mas nem isso!!!
Estava a contar ficar alcoolicamente alegre (sem abusos que ia dormir a casa dos papás e não convém vomitar o tapete da entrada...) mas... lá se foram por os bófias a todas as saídas...e bebi aguinha que faz muito bem aos intestinos!
Estava tudo emparelhado e eu sem parelha como já disse antes... acabei por me emparelhar com outra divorciada que lá estava como eu!
Tinha tudo uma cara de felicidade que enjoa! E não me levem a mal que eu não sou nada de desejar mal aos outros; muito pelo contrário... mas é que... dá-me NAÚSEAS ver os casalinhos apaixonados que aproveitam para tirar umas fotos românticas como prova de amor e até de treino para o dia em que será finalmente o casamento deles! (sei do que falo... ainda me lembro dessa sensação) brrrrrrrr quase que me vomito só de me lembrar; mas lá tive de manter a postura porque parece mal ser realista!!! E os totós das fotos depois querem 2 copias da dita prova de amor e felicidade; uma para cada um!!! para quê??? será que sou a unica pessoa prática e realista??? para quê fotos a dobrar??? se se casarem ficam duplicadas; se se separarem querem queimá-las ou cortá-las... para quê gastar tanto dinheiro????
E depois... os noivos! estavam tão felizes!!! é normal ver as noivas irradiar felicidade no dia do casamento; será por isso que se diz que todas as noivas são bonitas; mas estavam os dois em sintonia... radiantes!!! E eu penso: o que faço? digo-lhes que o amor não existe??? a verdade é que se me tivessem dito naquela altura eu também não acreditava... mas depois penso novamente... é minha obrigação avisá-los... acho que não iam gostar de ouvir... Ainda me lembro de estar a mostrar o album de fotos do meu casamento a uma prima; e ela disse-me: "que olhes sempre para elas com a mesma alegria com que estás a olhar agora". Fiquei lixada...para não dizer FODIDA... com ela!!! Claro que ia olhar sempre assim... mas, não estava na cara??? é lógico que iamos ser felizes para sempre; é claro que o nosso amor é diferente dos outros... tal como nos contos de fadas; aliás; o que é a noiva mais senão uma princesa com um dia de princesa??? a quem lembra aqueles vestidos desconfortáveis (nada modernos por mais que se esforçem) senão às princesas???? Até as meninas pequeninas que mal sabem ainda andar rodeiam a noiva e não a largam, porque também querem um dia ser princesas...
Continuando a divagação... é claro que me calo e não aviso ninguém de que o amor não existe...
e custa-me pensar nisso; adoro a Céu; gostava mesmo que ela fosse feliz, que o casamento desse certo... Eles fazem um casalinho tão querido.......
Isto faz-me lembrar outra coisa... montes e montes de manifestações de afecto em publico por parte dos tais casalinhos em preparação ascendente para o casamento! brrrrrrr mais vómitos... ele é beijinhos, ele é olharzinhos, ele é festinhas na cara... no cabelo... ninguém lhes diz a figurazinha ridicula que fazem???? Eu também não disse nada pois....
Por acaso até disse; disse que: "os divórcios são muito caros". Tenho de admitir que me dá prazer dizer isto e ver a cara de estupidos dos casalinhos que entretanto pensam: "isso foi ctg; o nosso amor é muito mais forte; não nos vai acontecer isso; lá porque te aconteceu a ti não quer dizer que nos vá acontecer a nós... " Mas mais giro ainda é ver a cara dos que já estão casados. A primeira reacção é o seu ar de "reprovação" para mim que escancara: "esta puta não basta ter deixado o marido e ainda vem dar más ideias aos casalinhos apaixonados.... " A segunda reacção é: ... pois... o casamento... é duro!!!!
A saga do casamento nunca mais acaba... acho normal que grande parte das pessoas achem que é preciso uma mulher arranjar homem... A tal divorciada que emparelhou comigo disse-me que nota que as pessoas olham para ela como uma morta de fome. Coitadas, não conhecem o meu lema: ENQUANTO EU TIVER UM DEDO... NÃO HÁ SOLIDÃO QUE ME META MEDO!!!... Mas continuando o relato... eu aceito que as pessoas achem que só se é "feliz" emparelhada... (ou com parelhas de cornos... depende...); mas o mais ridiculo foi quando quizeram que eu integrasse o grupo de meninas casadoiras e solteiras que saltam e pulam e tentam apanhar o ramo da noiva ainda que digam que não!!!
Ò meus amigozzzz... se vocês não aprendem com os vossos erros... temos pena... mas eu aprendo com os meus... É incrível como as pessoas se apegam a tradicionalismos!!!!!
Enfim, foi um dia comprido... havia muito mais para dizer, mas... já me doem os dedos de tanto escrever... e provavelmente... ainda os tenho de usar para outras coisas...

O Funeral...
... Não sei de quem era; mas achei que ficava bem na frase... tipo o filme...
Além disso, ouvi o toque inconfundível dos sinos... e passei á porta da igreja que só é utilizada para velar os mortos antes dos enterrar... e a porta estava aberta... e havia gente que entrava e saía... e ao fundo pareceu-me ver um caixão!!!
Deve mesmo ter havido funeral...

5 comentários:

JC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JC disse...

Se pensas que a vida é melhor a preto e branco, para quê iludires a tua nova casa irradiando-a de cores? Se pensas que não tens perfil para madrinha porquê aceitares...Politicamente correcta?
Não são as pessoas que não te conhecem ou que estão enganadas a teu respeito!Tu é que te tentas enganar até acreditares na tua própria mentira! Eles querem-te para madrinha?Eu quero-te para mãe dos meus filhos pode ser? Que queiras ver um mundo sem cor, que queiras não acreditar no amor , na paixão na alegria, na àgua, no vinho, no viver a vida...pois muito bem cada um tem direito a fazer o que lhe dá na real gana.Agora quereres fazer ver o mundo como o tentas ver? Tem dó!!!Nem tu aguentas!!!
Mesmo não admitindo tambem tu tens sonhos, se bem que em seguida tentas fugir para essa tua "realidade" que pensas que te protege quando na realidade só te magoa ainda mais.Deixa-nos voar mesmo que sem asas.Todas as quedas são melhores do que nunca tirar os pés do chão!
Não acredito no casamento mas respeito a ideia de partilhar com o mundo a sinfonia dos corações... ou não ... mas vendo as coisas pelo lado poético.

É preciso correr riscos(...) Só percebemos realmente o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.
-"Paulo Coelho, in “Na margem do Rio Piedra eu sentei e chorei”"

Às vezes temos vergonha de fazer o bem. Nosso sentimento de culpa tenta sempre nos dizer que, quando agimos com generosidade, estamos mesmo é tentando impressionar os outros, "subornar" Deus, etc. Para uma boa parte da humanidade, parece difícil aceitar que nossa natureza é essencialmente boa.
- Mais uma de Paulo Coelho

Essencialmente o que quero dizer com tudo isto é que enquanto não parares de lutar contra ti mesma
não encontrarás a tua paz.
Ninguém te quer arranjar apenas não querem que te estragues!
Longe de mim querer-te arranjar, mas a cada passo, a cada pensamento tornas maior o tormento e a insensatez com que olhas a vida.
Perdoa-te a ti mesma por teres "desiludido os teus pais" destruído o sonho de todos os "pequeninos" que te chamam puta por teres largado o sonho deles, (quando na realidade muitos queriam fazer o mesmo mas não tiveram a coragem) e que te corroia a cada instante, e que julgaste ser tambem o teu sonho por instantes.Deixa de alimentar esse Monstro e Vive!!!

Anónimo disse...

tanta mágoa, tanta revolta... e no entanto tudo isso soa a... inveja

Brida disse...

JC- Resposta á tua pergunta: NÃO!!!
Mas se já sabes, porque insistes em perguntar???

Anónimo - quando passas a assinar? Tens por acaso medo que tenha inveja do teu nome????
estás enganado!!! muito enganado!!!

JC disse...

Uma pessoa só não pergunta quando tem medo da resposta!eu medo...nem de aranhas :)...e´a esperança é sempre a ultima a morrer :b